sábado, 16 de fevereiro de 2019

Yamaha MT-03 ficou mais bonita e cara


A Yamaha divulgou as novas cores da MT-03. Embora ainda estejamos no início de 2019, a fábrica anunciou as novas opções Cinza Fosco (Ice Fluo), Preto Metálico (Midnight Black) e Azul Metálico (Racing Blue) como do modelo 2020 da naked compacta. O preço público sugerido passou de R$ 21.690 para R$ 21.990,00 (não incluso o frete). 
No restante, a naked manteve as especificações que fazem dela líder da categoria. Motor bicilíndrico de 321 cc e arrefecimento líquido que produz 42 cv de potência e 3,02 kgf.m de torque. As rodas de 17 polegadas calçam pneus sem câmara e contam com freio a disco nas duas rodas e sistema ABS de série.

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

Acabou a Honda CG 125

A primeira Honda CG 125 , que revolucionou o mercado brasileiro, saiu da fábrica de Manaus em 1976

A Honda parou de fabricar a CG com motor de 125cc neste ano. O modelo que abriu as portas do Brasil para a marca japonesa começou a ser fabricado em Manaus (AM) em 1976 e se tornou um ícone na história da motocicleta em nosso País. Muita gente aprendeu a “andar de moto” numa CG 125, seja na moto escola ou de um amigo.
Mas o fim da CG 125 foi motivado por questões comerciais. Em comunicado, a Honda afirmou que “com a entrada em vigor em janeiro de 2019 da legislação que traz a obrigatoriedade de freios CBS, a Honda irá direcionar suas vendas no modelo CG 160 Start e na linha profissional com a CG 160 Cargo, que trazem um motor mais moderno, eficiente em termos de emissões e mais potente. Além disso, a CG 160 Start e CG 160 Cargo, já possuem freios CBS. A CG 125 representava menos de 10% do volume total da linha CG, com a maioria dos clientes já preferindo pela versão de maior cilindrada”.

Fim de uma era

Honda CG 125i, a última versão do modelo
Em resumo, a marca desistiu de instalar os freios combinados na CG Fan 125i, que era vendida por R$ 7.161. A adoção da tecnologia faria com que seu preço ficasse muito próximo ao da CG 160 Start, que já tem CBS, e é vendida por R$ 8.390. A CG 125 Cargo, versão profissional do modelo, também foi descontinuada.
Texto: Agência Infomoto
Fotos: Divulgação

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

Yamaha Crosser ganha freio ABS

A Yamaha mostrou Crosser 2019 que recebeu mudanças no sistema de freios.
Na traseira, o tambor e lonas e foram substituídos por disco e pastilhas.
Na dianteira está a maior novidade, com a adoção do sistema de freio antitravamento, conhecido como ABS. Para ver o vídeo, clique aqui.

Dois modelos 

A Crosser é produzida em dois modelos com estilos e preços diferentes
A Crosser “Z” (foto) encara melhor o fora-de-estrada e traz para-lama alto e protetores de suspensão do tipo sanfona para evitar impacto de pedras e acumulo de poeira.  A Crosser Z é produzida nas cores, a “Competition Blue” (azul sólido) e “Black Eclipse” (Preto sólido) e custará R$ 12.590,00 + frete.
Já a Crosser “S”, mais voltada ao uso no asfalto, tem para lama baixo e tampa lateral do motor em preto-fosco. São duas cores: Sports White” (branco sólido), e “Black Eclipse” (Preto sólido) o modelo custará R$ 12.390 + frete.
As novas motos estarão nas concessionárias já na segunda quinzena de fevereiro.
Você também pode ouvi essa notícia, clicando aqui